Estarás bem informada sobre a Diástase Abdominal?

Estarás bem informada sobre a Diástase Abdominal?

Estás a secar bem a tua roupa? leitura Estarás bem informada sobre a Diástase Abdominal? 4 minutos seguinte As tendências do Fitness para 2022

A Diástase Abdominal tem sido tema nas redes sociais. E isso é bom porque tem captado a atenção das mulheres para esta situação. Mas lê-se e ouve-se muita informação pouco precisa que está a causar pânico desnecessário.
A Diástase Abdominal é uma alteração que acontece com alguma frequência - principalmente associada ao pós-parto - mas pode (e deve) ser prevenida e reparada. 
Neste artigo decidimos abordar este tema para te deixar mais tranquila e confiante durante o processo da gravidez e da recuperação do parto.

Diastase abdominal

O que é, então, a Diástase Abdominal?

Uma forma simples de explicar a Diástase Abdominal é referir que esta é uma separação dos lados direito e esquerdo do músculo reto abdominal (o famoso “six-pack") devido a uma diminuição da espessura e enfraquecimento do tecido conjuntivo - denominado de linha alba - que mantém os dois lados juntos.
Uma pequena separação é normal, mas uma separação de 3 cm (cerca de 2 dedos) ou superior é considerada uma Diástase Abdominal (embora uma avaliação correta seja mais do que a medição da largura da lacuna).

É importante perceber-se que aparentar um "six pack" de fazer inveja não significa que este seja eficaz ou forte e que não exista diástase. São coisas distintas que não devem ser confundidas.

Quais as consequências?

Esta alteração na zona abdominal pode indicar um core fraco e ineficaz, levando a uma série de problemas, incluindo dor lombar, dor pélvica, incontinência, obstipação (prisão de ventre) ou prolapso (deslocação de um orgão para fora da sua posição normal). Para além destes, pode ainda aumentar o risco de desenvolver uma hérnia.

Nota: As hérnias podem exigir cirurgia para tratar, enquanto a Diástase Abdominal, potenciadora do aparecimento da hérnia, pode ser curada sem cirurgia (método preventivo).

O que é que pode causar a Diástase Abdominal?

Para simplificar a percepção da causa, dizemos que a Diástase Abdominal é causada por um aumento de pressão excessiva na zona abdominal. Embora possa acontecer a qualquer pessoa - homens e mulheres - é muito comum durante a gravidez porque o crescimento da barriga aumenta a pressão no core. Este tipo de Diástase também se verifica com alguma regularidade em pessoas que treinam com muita carga sem contraírem corretamente os músculos. A pressão interna é tanta que o corpo cede nas zonas de menor consistência - daí a importância da correta contração muscular durante a prática de qualquer exercício de força.

A Diástase Abdominal na gravidez é normal?

Sim, é! É muito importante referir que a Diástase Abdominal é normal na gravidez, até um certo ponto. Porque é necessária alguma separação abdominal para se ganhar o espaço que vai permitir que o feto se desenvolva no útero. Numas pessoas essa necessidade será maior do que noutras, naturalmente.

Portanto, por favor, não entres em pânico se sentires alguma separação, especialmente durante o terceiro trimestre, e não tentes “fechar" esse espaço. O teu corpo está - ou vai estar - a fazer exatamente o que é suposto! E, com o trabalho de recuperação adequado, quase todas as recuperações da zona abdominal são possíveis e bem sucedidas.

Como verificar se tens Diástase Abdominal?

Se notares uma saliência ao longo da tua linha alba (centro do six pack) quando estás a fazer um movimento de esforço que envolva o teu músculo abdominal, então é muito provável que tenhas Diástase Abdominal. Muitas vezes, é mais fácil ver depois da gravidez, quando os músculos estão relaxados.

Se notares esse alto a sobressair na tua zona abdominal, simplesmente pára de fazer esse movimento porque pode ser prejudicial para o teu corpo.
Deves contactar um profissional do treino que te ajude a treinar corretamente. 

Prevenção e Correção ou Tratamento

Como na maioria dos casos, existem profissionais que te poderão ajudar. E sendo a Diástase Abdominal uma preocupação maior para quem foi mãe ou está prestes a sê-lo, a nossa sugestão passa por entrar em contacto com profissionais especialistas no treino para a Preparação e Recuperação do Parto. Estes têm planos de treino específicos e personalizados que incluem também esta componente indispensável para uma gravidez saudável ou uma recuperação bem feita.

Esperamos que este artigo te ajude a melhorar a tua qualidade de vida e, se for o caso, te ajude a ter uma gravidez e pós parto mais prazerosos!

escreve um comentário

os comentários são revistos antes de serem publicados

Este site está protegido pela Política de privacidade da reCAPTCHA e da Google e aplicam-se os Termos de serviço das mesmas.

entrega gratuita em compras superiores a 40€

disponível apenas para Portugal