Projetar cidades sem carros!

Projetar cidades sem carros!

O poder das aulas de grupo leitura Projetar cidades sem carros! 4 minutos

O tema deste blog parece totalmente fora do nosso estilo de conteúdos. Mas na verdade está muito alinhado com a marca, com os nossos princípios e com o que acreditamos para o nosso futuro. Cidades onde se pode caminhar - pensadas e construídas para serem human-friendly! 

O design das cidades onde vivemos pode tornar-nos mais saudáveis e aumentar a nossa felicidade. Uma das formas de o fazer é promovendo a caminhada.

um pouco de história

em Portugal e um pouco por todo o mundo Ocidental, os carros são reis nas cidades. Mas antes destes se tornarem tão importantes no nosso dia-a-dia as estradas eram espaços públicos onde homens, mulheres e crianças podiam andar como quisessem e desfrutar de um passeio. Podiam brincar, correr, conversar na rua. 

À medida que os automóveis se tornaram mais acessíveis, as pessoas tornaram-se "car-lovers" - de tal forma que a maioria das famílias tem 1 ou mais carros - e as estradas começaram a pertencer aos automóveis, relegando as pessoas para os passeios. Em resultado desta mudança as cidades passaram a ser projetadas para andar de carro e as pessoas não sentem entusiasmo ou vontade de passear porque o caminho não é agradável!

os efeitos na saúde

as cidades em que vivemos têm um grande impacto na nossa saúde. São espaços de betão com poucas áreas verdes. E até as zonas pedonais são ao lado das estradas - poluídas pelos gases emitidos pelos carros, mas também com imensa poluição sonora.

os estudos demonstram que 9 em cada 10 pessoas que vivem em zonas urbanas são afetadas pela poluição do ar, aumentando o risco de complicações cardíacas e respiratórias. e mesmo que não seja tão óbvio, o facto de haver poucos espaços verdes tem um impacto profundo na nossa saúde mental e na nossa esperança média de vida (ler artigo). 

Cidades sem carros

felizmente já começamos a ver mais preocupação dos governos com os cidadãos, com a poluição e com os espaços verdes. Mas estão mesmo a projetar cidades onde se possa caminhar? Uma cidade destas tem de encontrar o equilíbrio entre a estética, a componente prática, a viabilidade, e o resultado.

seguem alguns projetos-piloto que pretendem destronar os automóveis enquanto meio de transporte preferencial, tornar as cidades mais bonitas, mais amigas do ambiente, mais duradouras e feitas a pensar no cidadão que caminha em vez do carro que circula:

cidade dos 15 minutos - é um projeto urbano onde todas as necessidades diárias do cidadão estão a menos de 15 minutos a pé ou de bicicleta.

Culdesac - é um bairro construído de raíz em Tempe - Arizona, Estados Unidos - onde não são permitidos automóveis.

Copenhaga - apesar de já ser uma cidade e não um projeto, trata-se de um exemplo mundial porque 90% dos seus habitantes não usa o carro! E surge também no top dos rankings de saúde e felicidade dos seus habitantes. Como referimos antes e aqui se comprova: uma cidade agradável vai afetar  positivamente a saúde e o estado de espírito de quem a habita.

Conclusão

o nosso papel enquanto parte da sociedade é também alertar e dar exemplos de boas práticas. é instruir a comunidade e torná-la mais forte e melhor. e nós, em Portugal, temos todas as condições para sermos líderes na implementação destes projetos que podem mudar o mundo!

Extra

E sabias que já existem projetos na web3 que premeiam quem caminha, quem faz exercício e quem tem um estilo de vida ativo? O mais conhecido é o STEPN que é um projeto M2E (Move to Earn) focado na mudança de estilo de vida da população mundial e com preocupações ambientais e sociais. Explora!

A Oito.Um

Para terminar, devemos referir a importância da roupa que usamos quando fazemos uma caminhada. deve ser confortável, bastante maleável, fácil de lavar e de secar, e deve deixar-te confiante! vê a nossa coleção aqui!

continuar leitura

escreve um comentário

os comentários são revistos antes de serem publicados

Este site está protegido pela Política de privacidade da reCAPTCHA e da Google e aplicam-se os Termos de serviço das mesmas.

entrega gratuita em compras superiores a 40€

disponível apenas para Portugal