Porquê treinar com um personal trainer by PT Cláudia Dias

Treinar com um personal trainer

Nos últimos tempos, muito se tem falado acerca de treinar com um personal trainer. Com a expansão do mercado fitness, o treino acompanhado já é bastante conhecido pelas pessoas que frequentam o ginásio ou que pensam em frequentar.

O que é o treino com um personal trainer?

As principais características distintivas do treino com um personal trainer (ou PT) consistem na adaptação e na planificação. No treino acompanhado, estes aspetos são devidamente cuidados por um profissional habilitado, que está capacitado para acompanhar desde atletas até pessoas com condições clínicas. O PT avalia as especificidades do cliente e prescreve um treino ajustado a cada indivíduo.

Gera-se uma relação mais próxima que pode assumir formas diferentes: o treino pode ser individualizado, a pares ou em grupo. Os treinos a pares ou em grupo podem ser viáveis e até benéficos, mas apenas se os clientes tiverem necessidades e objetivos semelhantes.

A quem se destina o treino acompanhado?

Os objetivos de alguém que inicia a sua rotina de treinos com um personal trainer podem ser bastante variados. Vão desde a estética à saúde, passando pela perda da massa gorda ou pelo aumento da massa muscular. Há também quem queira diminuir o colesterol, controlar a hipertensão, alcançar estabilidade mental ou simplesmente melhorar a condição física.

Treinar com um personal trainer é uma ótima escolha para quem começa a praticar exercício físico e quer ter uma vida mais ativa. Também é vantajoso para pessoas que já tentaram praticar desporto sozinhas várias vezes, mas sem sucesso. Além de tudo isto, o PT é um excelente aliado para quem procura rentabilizar o tempo, aumentar a intensidade do treino ou focar-se em determinados objetivos.

Existem grupos específicos em que a segurança que o treino com um personal trainer proporciona assume maior importância para uma prática adequada. Estes grupos incluem os idosos, as grávidas e os indivíduos com condições clínicas.

Considere seriamente o treino acompanhado se tiver hérnias, fibromialgia, doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, colesterol alto ou patologias articulares. A sinergia médico - personal trainer tem vindo a cimentar-se, portanto a decisão de treinar com um PT é cada vez mais legítima.

Quais as vantagens de treinar com um personal trainer?

Segurança

É feito um planeamento específico tendo em conta a condição física do cliente e os seus objetivos, entre outros fatores. A intensidade, o volume e o tipo de treino são tidos em consideração pelo personal trainer. Estes fatores são delineados e monitorizados à medida da pessoa que o PT tem à frente.

Motivação

    No treino personalizado, cada sessão, sequência de exercícios, série, repetição e carga é pensada com base na pessoa e nos objetivos que a movem a treinar. Assim, a prática do exercício físico torna-se muito mais motivante.

    Avaliações físicas frequentes

        Com este acompanhamento mais próximo, as reavaliações tornam-se um instrumento-chave, tanto para o personal trainer como para o atleta. Quantificar os resultados é uma forma de motivar a pessoa, mas também serve para ajustar o treino (caso necessário) consoante a relação entre os objetivos traçados e alcançados.

        Técnica

        O PT é o profissional mais habilitado para colocar alguém a fazer, por exemplo, agachamentos sem juntar os joelhos ou curvar demasiado as costas. Treinar com um personal trainer previne lesões e garante que são adotadas as posturas corretas durante os exercícios.

        Gestão do tempo

            A maioria das pessoas tem o tempo contado para treinar. Sabemos que há dias em que não pode mesmo ir ao ginásio e outros em que a vontade é pouca e o cansaço é muito. Ao treinar com um personal trainer, cada sessão é agendada mediante a disponibilidade de ambos. Em conjunto, encontram estratégias para gerir o tempo de forma a que a prática seja regular, assegurando os resultados.

             

            O treino com um personal trainer constitui um serviço de excelência, eficaz e seguro, assente em conhecimentos teórico-práticos. Requer empatia entre as duas partes, um fator muito importante tendo em conta que a palavra de ordem é continuidade.

            Treinar com um personal trainer exige alguma disponibilidade horária, mas não tanta quanto possa pensar. Dependendo de uma série de fatores, a duração é variável: as sessões tendem a demorar entre os 30 e os 60 minutos.

            O importante é que retenha que treinar com um personal trainer deve ser encarado como um investimento na sua saúde!

             

            Cláudia Dias Cláudia Dias

             


            1 comentário


            • Cláudia Sofia Leal Cardoso

              Olá tudo bem.. Eu vo começar a ir ao ginásio tive bebé a 4 meses e se fosse possível preciso de um personal trainer


            Deixe um comentário

            Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos.